Ahh cansei...

Eu??!! Perco coisas toda hora, tenho medo de perder a memória, por isso escrevo tudo o que se passa na minha vida, coisas boas e as nem tanto, caso eu não precise, pelo menos vou rir na velhice... Já cogitei mudar de cidade por causa de paixão, já fiz plásticas, e já tive o coração partido uma dúzia de vezes. Parte é isso, mas ando tão cansada...

Friday, October 31, 2008

Sempre...


Irmãs (by Leto)


Tão fácil.
Uma morena, uma branca, uma verde (descrição agradável de minha mãe...).
Uma queridinha do pai.
Outra da mãe.
Outra é mimada por ambos.
Uma cresceu antes, teve brinquedos antes, teve namorados antes, teve chantagens antes, teve casamento antes, teve filha antes, teve desilusões (e não poucas) antes, teve tudo antes e vive como se fosse agora, e não amanhã.
Outra caiu, quebrou o braço não uma, mas duas vezes, tinha o pé torto usava "botinha", caiu da rede, rachou a cabeça no parafuso, estudou na mesma epóca, trabalhou na mesma epóca, mesmos amigos, estourada, esforçada, preguiçosa, namorou um, namorou dois, três, quatro......casou, e finalmente espera sua primeira filha: Lara.
A última foi um "causo" sério. A começar pelo nascimento, sua mãe teve uma gravidez super tranqüila, de tão tranqüila foi para uma consulta de rotina, e já ficou no hospital. Até hoje é motivo de "chacota" quando a mãe conta que a foi ter de ônibus e sozinha, consequência: a raspa do tacho. Deveria ser menino, o pai já havia até escolhido o nome, como nasceu menina se deram o trabalho de acrescentar apenas um "e" no final.
O pai queria tanto um menino, que na infância e adolescência ele ainda não tinha certeza se aquele bebezinho fofinho e de "chuquinhas" que tinha levado para casa, era a mesma moleca, terrível, rueira, que vivia enfiada na casa da vizinhança.
Nem bem cresceu, uma plástica, acabou de crescer, segunda plástica, morria de vergonha dos apelidos da escola, às vezes tímida outras descaradas. Se apaixonou, casou, separou, riu, chorou, bebeu e caiu...na desilução, na tristeza (nem sempre nesta ordem, quase isso...), mas sempre se levanta...
Uma coisa é certa:
Se uma ri, todas riem.
Se uma chora, todas choram.
Se uma está feliz, nem todas estão.
Uma fala da outra para outra que escuta da outra que concorda com uma e discorda da outra.
Impossível sem elas, minha queridas irmãs!!!

5 Comments:

Blogger Leonardo said...

Sei como é... Impossível sem a minha irmã também!

Beijos e bom final de semana

11:39 PM  
Blogger Re said...

Que delícia!!! Sempre quis ter mais uma irmã... Mas só uma já d;a um trabalho, imagina 2?
Feliz de vcs que sei que serão sempre assim unidas.
beijos
Re

2:26 PM  
Anonymous Paula Nigro said...

Ter irmãs é tudibom!
Eu tenho logo duas e um irmão.
Somos MUITO amigas.
Adorei teu texto!
Beijos

4:28 PM  
Blogger Dani said...

Leo e meninas,

Estas são a paixão da minha vida, cada qual com seu jeito, e eu encontro tudo o que preciso nelas.

Aliás, elas me completam!

Bjus

11:23 PM  
Blogger Isa said...

Sem vc nada disso teria sentido.
Vc é essencial nesse trio. Te amo muito.
bjus

8:36 AM  

Post a Comment

<< Home